www.ifernandopolis.com.br | www.agenciaoc.com | Você não está conectado. Entrar (ou Cadastre-se) 
 
 
Fernandópolis, SP
Notícias / Informativo  
 
22/07/2019
Celular ao volante faz multa disparar 78% no 1º semestre em Fernandópolis
Multa de R$ 293,47 e mais sete pontos na CNH não são motivos suficientes para inibir motoristas manuseando celular no trânsito.
CidadãoNet -


Multa de R$ 293,47 e mais sete pontos na CNH não são motivos suficientes para inibir motoristas manuseando celular no trânsito. Relatório divulgado pela Semutran – Secretaria Municipal de Trânsito – a pedido do CIDADÃO, revela que o número de multas disparou 78% no primeiro semestre deste ano na comparação com o mesmo período do ano passado. 
 
Os dados mostram que 739 motoristas, de um total de 1.854, foram multados por manusearem celular enquanto dirigiam pelas vias urbanas de Fernandópolis, média de 4 multas por dia. Esse número representa quase 40% do total de multas aplicadas no trânsito da cidade no primeiro semestre do ano. Levando-se em conta o valor da multa que é considerada “gravíssima”, a conta dos infratores chegou  a R$ 216,8 mil nos primeiros seis meses do ano. 
 
 
Dirigir veículo utilizando-se de fones de ouvido conectados a aparelhagem sonora ou de telefone celular, foi a segunda mais aplicada, com 453 multas, 24,4% do total. Só essas duas infrações representaram 64,3% sobre o total de multas aplicadas pela Polícia Militar no período.
 
 
Segundo dados da Abramet - Associação Brasileira de Medicina de Tráfego -, essa atitude, dirigir e manusear o celular, é a terceira maior causa de mortes no trânsito no País.
 
 
A explicação está na falta de atenção que o uso do aparelho celular enquanto dirige causa nas pessoas, independentemente do aplicativo escolhido pelo condutor do carro.
 
 
O uso atual dos smartphones não está restrito somente a fazer ou receber ligações. Muitos motoristas são flagrados navegando pelas redes sociais ou respondendo a mensagens de WhatsApp enquanto dirigem. 
 
 
Segundo o Detran, qualquer que seja a motivação, o uso do celular aumenta em cerca de 400% as chances de o motorista se envolver em acidentes de trânsito. Para se ter uma ideia da gravidade da questão, esse percentual elevado é comparável ao perigo de dirigir sob o efeito de álcool.
 
 
O relatório da Semutran aponta que de janeiro a junho 1.854 motoristas foram multados em Fernandópolis pelo cometimento de 58 tipos de infrações de trânsito (veja o quadro das 10 infrações mais cometidas pelos motoristas de Fernandópolis). Algumas dessas infrações estão em queda, como por exemplo, estacionar no passeio, faixa de pedestre ou ciclovia. Queda de 78%. Avançar sinal vermelho teve queda de 27%. 
 
 
As multas aplicadas no âmbito municipal são relativa ao comportamento no trânsito, como estacionamento irregular, uso de celular, falta de cinto de segurança, avanço de sinal vermelho, excesso de velocidade, entre outros. O Detran também aplica multas por infrações relativas a licenciamento anual do veículo e Carteira Nacional de Habilitação, condições do veículo, embriaguez ao volante, entre outras. 
 
LEI SECA
 
 
Mais uma Blitz da Lei Seca foi realizada no final de semana em Fernandópolis resultou em 14 motoristas alcoolizados na direção dos veículos. Juntos, vão arcar com multas que montam R$ 41 mil O Programa Direção Segura, realizado nas avenidas Expedicionários Brasileiros e Litério Grecco fiscalizou 295 veículos e autuou 14 pessoas por embriaguez ao volante, em Fernandópolis na noite e madrugada de sábado para domingo. Os condutores foram autuados por embriaguez ao volante ou recusa ao teste do etilômetro e terão de pagar multa no valor de R$ 2.934,70, além de responderem a processo administrativo no Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo para a suspensão do direito de dirigir por 12 meses. 
 
 
O Programa Direção Segura é uma ação coordenada pelo Detran para a prevenção e redução de acidentes e mortes no trânsito causados pelo consumo de álcool combinado com direção. Todos os motoristas flagrados em fiscalizações têm direito a ampla defesa, até que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) seja efetivamente suspensa. Se o condutor voltar a cometer a mesma infração dentro de 12 meses, o valor da multa será dobrado.
 
 
 
Matérias Relacionadas
Multa para falta de extintor ABC é de R$ 127 - Relevância 44.61 %
 
 
Publicidade
CLASSIFICADOS
Móveis em madeira p...
R$ Consultar
renda extra
R$ Consultar
Mochilas Jeans com C...
R$ 25,00
maquina de cafe expr...
R$ 1.200,00
Baby Dool
R$ Consultar
procura-se???
R$ 0,00
Contrata-se
R$ Consultar
Loja de Informática
R$ 30,00
Som Automotivo
R$ Consultar
Imperdivel !!Vendo o...
R$ 70.000,00
Higienização em Ar...
R$ 65,00
Micro Computador
R$ 1.100,00
Publicidade
Aluga-se 1 sala come...
R$ 450,00
Casa p/Alugar
R$ 550,00
SOM AUTOMOTIVO
R$ 800,00
Computador Usado
R$ Consultar
pizzaria hum!!!
R$ Consultar
INTERESSE EM VAGA DE...
R$ Consultar
Decorações e Lembr...
R$ 0,50
PROCURO REPÚBLICA O...
R$ Consultar
 
 
 
Nuvem de Tags
 
Notícias Guias Serviços    
Agricultura
Cultura
Economia
Educação
Especial
Esportes

Geral
Informativo
Polícia
Política
Saúde
Tecnologia
Guias Comercial
Profissionais Liberais
Guia Médico
Anuncie
Assine
Fale Conosco
   
www.ifernandopolis.com.br | Todos os direitos reservados. | 5 on. Criação: AgênciaOC